Textos para pacientes

Cuidados com a postura na atividade doméstica

Assunto: Textos para pacientes Aproveite para recomendar aos amigos:

São muito comuns as queixas de dores durante por conta da má postura e após os afazeres domésticos do dia a dia, principalmente ao arrumar e limpar a casa, lavar as roupas e estendê-las no varal. Essas atividades exigem esforço físico e comprometem a postura do corpo, podendo gerar lesões na coluna vertebral, quadril, joelhos e ombros. Por isso, uma postura correta deve ser funcional e equilibrar os músculos e ossos durante a movimentação a fim de proteger essas estruturas.

postura atividade domestica

Não é tão difícil manter uma postura adequada, basta observar algumas dicas em relação aos cuidados com o desenvolvimento das atividades do dia a dia.

  • • Ao arrastar ou pegar móveis pesados, abaixe dobrando os joelhos, com os pés afastados e o abdômen contraído. Caso seja necessário carregá-lo, leve-o junto ao corpo, pegando-o com as duas mãos, mantendo um ângulo próximo de 90º no cotovelo. De preferência, nesse momento, solicite o auxílio de outra pessoa.

  • • Ao varrer ou aspirar, utilize utensílios com cabos mais longos. Evite se inclinar para a frente, mantendo a postura o mais ereta possível e com os pés afastados. Realize os movimentos de varrer com o corpo todo, evitando os movimentos rotacionais da coluna. Na hora de varrer por baixo dos móveis, o ideal é se agachar, mantendo os músculos abdominais contraídos, para evitar a sobrecarga na coluna.

  • • Limpando lugares altos ou organizando armários: para locais altos, o recomendado é utilizar escadas ou banquinhos, evitando elevar os braços acima da altura dos ombros para não sobrecarregar a coluna.

  • • Ao arrumar a cama, tenha cuidado no momento de elevar o colchão para prender o lençol, essa tarefa deve ser realizada com o abdômen contraído e flexionar os joelhos no lugar de curvar o tronco para frente.

  • • Deve-se ter muita atenção ao organizar o guarda-roupa e gavetas, pois essa tarefa pode ser demorada e sobrecarregar as costas e os ombros, principalmente se você ficar abaixando e levantando para guardar as roupas. De preferência, use escadas ou banquinhos para guardar ou retirar objetos acima do nível da cabeça e dobre os joelhos para recolher objetos de lugares baixos. Se permanecer por longos períodos arrumando as gavetas, sente-se em um pequeno banco, de modo que a coluna fique alinhada e protegida, mantendo sempre a contração dos músculos do abdômen.

  • • Ao cozinhar ou preparar os alimentos, procure manter a coluna ereta, os músculos abdominais contraídos e um dos pés apoiado em um pequeno banco. Deixe os objetos e alimentos o mais próximo possível, evitando movimentos rotacionais com a coluna.

  • • A mesma dica anterior serve para o momento de lavar as roupas ou louças. A coluna deve permanecer reta e um dos pés apoiado num pequeno banco, lembrando de alterná-los em atividades prolongadas. Se possível, a altura da pia deve ser aproximadamente na altura do umbigo (fica a dica para quem ainda irá construir sua casa!)

  • • Ao estender as roupas no varal, evite elevar os braços acima da altura dos ombros. Essa atividade sobrecarrega demais a região cervical da coluna. Para evitar problemas, o varal deve estar em uma altura compatível, ou seja, acessível aos braços. Dessa forma, adapte seu varal conforme sua altura ou use uma escada ou banquinho, para que os braços não fiquem estendidos por muito tempo.

  • • Passar roupa também é uma atividade que força os ombros e a coluna. Por isso, é preciso manter o tamanho da tábua de passar o mais confortável possível para quem está passando, mantendo essa na altura adequada para cada pessoa, ou seja, se ficar baixa vai comprometer a coluna vertebral e se ficar alta vai impactar áreas importantes do ombro. Outra dica é utilizar um apoio para os pés alternando-os sempre que houver algum incômodo.

A boa saúde da coluna depende das atitudes posturais praticadas diariamente. Por isso, é necessário atenção quanto ao posicionamento do corpo na realização destas atividades, ao peso dos objetos, à altura dos móveis, enfim, à ergonomia, já que a casa também é um ambiente de trabalho onde permanecemos por longos períodos de tempo.

Encontre um fisioterapeuta